Saturday, December 3, 2022

Últimas semanas do musical “Clube da esquina: Os sonhos não envelhecem”

Enquanto Milton Nascimento faz sua turnê “A última sessão de música” pelo Brasil (e o mundo), o Rio de Janeiro pode ver um pouco sobre sua história no musical “Clube da esquina: Os sonhos não envelhecem”. Baseado em livro homônimo de Márcio Borges e com roteiro de Fernanda Brandalise, a peça, com direção de Dennis Carvalho, fala sobre a formação do famoso movimento musical de amigos mineiros de onde saíram diversos músicos conceituados no Brasil, inclusive Milton. Com músicas do álbum “Clube da esquina”, que completa 50 anos em 2022, o musical leva o espectador para uma viagem emocionante sobre a história do grupo, mas, também, da música brasileira.

Estreia em Minas Gerais

Com estreia em Belo Horizonte, em agosto, a peça recebeu o selo de aprovação dos próprios integrantes do Clube da esquina, que foram assistir ao espetáculo na cidade. Recentemente, Milton também assistiu à peça no Rio de Janeiro, emocionando o elenco, principalmente Tiago Barbosa, seu intérprete no musical. Tiago, aliás, choca por sua semelhança com o cantor e com o tom tão bonito de sua voz. Sem dúvida, ele é um dos destaques da peça por sua interpretação certeira do cantor de Três Pontas.

Tiago, porém, não é o único ponto alto do elenco, que é composto por nomes conhecidos do teatro musical, como Marya Bravo e Léo Bahia, e atores que não estão nesse meio há tanto tempo, como Tom Karabachian. No palco, porém, todos interpretam seus personagens lindamente. Personagens esses que são todos reais, dos músicos do grupo, passando por outros artistas representados, como Elis Regina (interpretada por Elá Marinho, que arrasa no papel, que voz!), aos pais de Lô, Márcio e Marilton Borges. Suas vozes ecoam pelo teatro e comovem a plateia. Um feito que se dá muito, também, pelas músicas. Não à toa “Clube da esquina” é, até hoje, considerado o melhor álbum da discografia nacional.

Últimas semanas

“Clube da esquina: Os sonhos não envelhecem” fica em cartaz no Teatro Riachuelo até o dia 23 de outubro. Depois segue para uma curta temporada em São Paulo. O espetáculo está sendo um sucesso, inclusive com muitos artistas, músicos, atores e de outras áreas, indo prestigiá-lo – e saindo somente com palavras bonitas e emoção. É um musical muito importante para o brasileiro porque, além de mostrar no palco um pouco da história da música brasileira, também conta um pouco da história do próprio país. Fica nítido, por exemplo, o reflexo da Ditadura Militar na sociedade e, principalmente, o mal que fez à cultura e às pessoas. Tal reflexão é muito importante nos dias de hoje.

É possível saber mais informações sobre a montagem e sobre elenco e equipe no perfil do Instagram do musical.

Serviço:

“Clube da esquina: Os sonhos não envelhecem”

Apresentações: Quintas e Sextas às 20h | Sábados às 16h e 20h30 | Domingos às 19h

Ingressos: Plateia VIP R$240 | Plateia – R$220 | Balcão Nobre R$190 | Balcão Superior – R$170

Local: Teatro Riachuelo

Endereço: Rua do Passeio, 38/40

Duração: 120 minutos (mais 15 minutos de intervalo)

Classificação: 12 anos

Capacidade: 999 lugares

 

Ademais, leia mais:

Tick Tick… Boom! | Uma homenagem ao teatro musical

Hamilton | O musical revolucionário chegou na Disney+

Crítica | Em um bairro de Nova York homenageia latinidade e critica gentrificação

Escreve o que achou!