Tuesday, January 31, 2023

Com Kosmik Band, ‘Tudo Está Bom’ no mundo das vibrações

Tudo Está Bom marca a estreia da banda Kosmik Band. O álbum abre com a canção que nomeia o álbum e tem uma cara de Havaí, de praia, e de América Latina. Os vocais do brasileiro Nanan e da argentina Charo Bogarin, em português e espanhol, conduzem numa mistura nada explosiva, mas sim, tranquilizante. Além disso, a banda também é composta pelo guitarrista e produtor argentino Enzo Buono e o guitarrista espanhol, ganhador do Grammy Latino, Diego “Twanguero” García.

É música para curtir da areia, seja de frente para o mar, seja nas areias da imaginação. Logo em seguida, escrita por Enzo Buono em parceria com o fotógrafo Patrick Liotta, “Mama” homenageia a energia feminina com uma instrumentação exclusiva de músicos congoleses: Mermans Mosengo no baixo e percussão, Nseka “Wikilo” Bimuela se destacando na guitarra, Loguylo Mabungu na bateria e Jason Tamba na guitarra acústica. Somente o vocalista Nanan é de outra nacionalidade; os coros tem a interpretação por Mosengo, Mabungo, Tamba e Chella Mputu, cantados em lingala, língua franca de Kinshasa. A faixa

“Casa da Floresta” já um sucesso nas redes, com mais de 13 milhões de visualizações. As crianças adoram o ritmo e a letra que vai descrevendo um lar dos sonhos, simples e conectado com a natureza. Qualquer um que já desejou fugir do meio urbano se identifica.

Indubitavelmente, uma das maiores graças da Kosmik Band é a mescla das influências de mantras, ritmos africanos e grooves latinos. “Despetalar”, “Fui na Cachoeira” e “Lua Mama” seguem nessa linha. Lembrei de minhas viagens para Ilha Grande, na Praia de Aventureiro, em tempos mais ingênuos e leves, antes da pandemia.

“Aqui Agora” e “Mangalan” tem mais jeito de mantra, enquanto “Peça a Deus” fecha o disco mais para cima, numa oração animada, lotada de latinidade, com uma guitarra salsera, e um recado de paz naquele estilo “que todos os seres de todos os mundos sejam felizes”, dito por tantos professores de yoga e outras práticas universalistas.

Aliás, ouça o álbum abaixo e siga lendo:

Enfim, além de Tudo Está Bom, a Kosmik Band vem em dezembro de 2022 com uma canção sobre a inocência das crianças e o natal. Cantando em inglês, Enzo Buono e Nanan dividem os vocais com o congolês Mermans Mosengo, o argentino Fefe Lee e os americanos Jason Robert Blum e Matthew Preece, que também assina a letra, ao lado de Enzo. Ouça aqui.

Ou seja, mantém a atmosfera que a Kosmik Band celebra com espírito de infância, autoconhecimento e espiritualidade.

Ademais, leia mais:

Reza | MARIANA canta como sereia em single doce

Iuna Falcão chega com EP de transe envolvente

Escreve o que achou!