Thursday, September 24, 2020

Cantora Mayra Itaborahy apresentou ‘Receita Para Falar de Amor e Polêmica’

Na última quinta-feira (23/01), a cantora Mayra Itaborahy estreou seu novo show “Receita Para Falar de Amor e Polêmica“, na Casa de Luzia, no tradicional bairro boêmio, reduto cultural do Rio de Janeiro, a Lapa. Os arranjos das canções ficaram por conta da banda formada por: Daniel Martins (baixo e guitarra); Diogo Martins (violão e guitarra) e Davidson Ilarindo  (bateria).

Um dos melhores momentos do show foi a interpretação de um clássico do grupo Buena Vista Social Club, “El Cuarto de Tula”, que animou o público, logo após “Sensatez” de Sérgio Couto. Outro destaque foi o último single de Mayra, “Nossos Mil Volts”, com um estilo bem havaiano e sabor de aconchego na rede. Nessa hora, a cantora pegou seu ukulele e forneceu uma bonita exibição. Afinal, a canção foi feita por ela em homenagem a seu namorado, que tocava baixo e guitarra à sua direita. Além disso, a artista colocou “Is This Love”, de Bob Marley, no meio da música. Sem dúvidas, um casamento que deu muito certo.

Cantora Mayra Itaboray e o Ukulelê na Casa de Luzia na Lapa.
Ukulelê de Mayra ajudou a fornecer um elétrico ar havaiano
Torta Capixaba

Se é para falar de receita, ouvimos a divertida “Torta Capixaba” como um Ijexá,  seguida por “É D’ Oxum”, elevando a energia da Casa de Luzia.  “Chiclete com Banana” ganhou verão animada e irreverente, com tons teatrais, em um samba-rock estimulante. “Tatuagem”, de Nelson Cavaquinho, ficou fixa na cabeça desse jornalista após o canto de Mayra. Contudo, o final com “Apesar de Você”, tanto deixou o público feliz, que todos pediram bis. Os músicos se olharam, toparam, e veio “Caribenha”, seguido por “El Cuarto de Tula”. Aliás, foi quando a maior parte da plateia se levantou e a apresentação virou um baile de dança.

Todavia, excitado, o público pediu mais bis – queriam samba. A cantora Mayra Itaborahy não se fez de rogada e “Apesar de Você” voltou com força, terminando o show em cima. A artista deu entrevista antes da apresentação para o PodCast Vivente Andante, ouça AQUI.

Ademais, leia mais:
Grupo Filhos de Sá | “A persistência acompanha os valentes”
Rapper Negra Jaque | “Rap é mão preta de interferência na sociedade”
Dançarina Ana Catão | “Nossa missão é trazer essa história que foi varrida para debaixo do tapete”

Escreve o que achou!