Desalma | Série de terror da Globoplay proporciona calafrios

Desalma se passa em Brígida, uma cidade fundada por ucranianos. A saber, é uma cidade fria que lembra muito outras séries de origem europeias. É importante citar a cidade pois ela acaba sendo a personagem principal, com vários acontecimentos estranhos, e uma celebração chamada Ivana – Kupala, que vem da tradição eslava. 

Dessa forma, coisas estranhas acontecem, e o ar de tensão é constante na série. A princípio, o personagem mirim Anatoli (João Pedro Azevedo) lembra muito o garotinho de The Omen (A Profecia). Inicialmente, essa primeira temporada gira em torno de Roman Skavronsky (Eduardo Borreli / Nikolas Antunes), que aparece morto em uma cachoeira. Além da tal celebração, que é um acontecimento muito importante da cidade. 

A série passeia de 30 anos atrás até os dias atuais, mostrando a maturidade dos jovens da época, e como os acontecimentos do passado ainda assombram aquele lugar. 

Místico

O misticismo combinado com a fotografia e mixagem de som são destaques que fazem essa série ser um ponto fora da curva. Aliás, confesso que se tratando de séries brasileiras não vi nada parecido. Isso por si só vale a espiadinha no primeiro episódio, cheio de terror psicológico e sem grandes efeitos – o que, particularmente, proporciona ainda mais tensão.

Não poderia deixar de destacar a atriz Cássia Kiss como Haia e Claudia Abreu como Ignes, ambas desempenham os papeis com muita eficiência. Haia como uma bruxa temida e que sempre deixa o ar com mistério e tensão. Por outro lado, Ignes como uma mulher cheia de dúvidas e preocupações com o filho. 

As tradições culturais, tão diferentes para a gente, fazem enxergar melhor a diversidade do nosso país e como poderíamos contar mais histórias fora do eixo Rio-São Paulo.  

Interessante ressaltar que a maior parte da série foi gravada no Rio Grande do Sul, sendo boa parte em São Francisco de Paula, uma cidade do interior que eu tive o prazer de conhecer – e é muito bonita. A saber, tem exatamente esse ar da série, ou seja, uma cidade pequena com clima frio e ar misterioso. 

Desalma já está confirmada com uma segunda temporada, e acredito que a série ainda crescerá muito na sua segunda temporada. 

Por fim, olha só o trailer:

Ademais, veja mais:

La Révolution | Conheça a mistura de “Supernatural” com a revolução francesa

Bárbaros | Epicidade e drama cativam na série original Netflix

Por fim, Cidade dos Mortos | Série russa explora cenário apocalíptico

1 Comment

Escreve o que achou!

%d blogueiros gostam disto: